Alimentos que ajudam no bom funcionamento do cérebro e reforçam o sistema imunitário

700 400 Bruno Dolbeth
  • 0

Alimentarmo-nos bem ajuda a mantermos a nossa saúde física e mental, e ainda ajuda a melhorar o nosso humor, e foco para desempenharmos as nossas tarefas diárias.

Incentivar o consumo de certos alimentos que contém nutrientes essenciais, demonstra-se importante para estimular, não só o bom funcionamento cerebral, como também fortalecer o sistema imunitário.

Continue a ler ou conheça agora a nossa nova oferta de serviços de alimentação saudável que preparámos para as empresas, clique aqui.

 

Os alimentos importantes para o Cérebro

Alguns alimentos ajudam a estimular o bom funcionamento cerebral, aumentando a concentração e a memória, e melhorando o raciocínio cognitivo.

Azeite, sementes e frutos secos – O azeite, a linhaça, e os frutos secos como as nozes e as castanhas, são alimentos ricos em ómega 3, uma gordura de qualidade que contem uma membrana que reveste os neurónios, protegendo-os. As nozes e as castanhas ainda contêm zinco e selénio, nutrientes importantes para o melhor funcionamento cerebral;

Peixe e frutos do mar – Estes são também, alimentos ricos em ómega 3, nutrientes fundamentais ao bom funcionamento do cérebro;

Ovos e Couve-flor – Estes são alimentos ricos em colina, um nutriente presente na membrana celular e na acetilcolina — neurotransmissor importante para o funcionamento cerebral;

Abacate, Vegetais e legumes – Abacate, vegetais de folha verde como a couve, a rúcula, o agrião, os brócolos, e os legumes como feijão, lentilha e ervilhas, contêm ácido fólico (vitamina B9), nutriente importante para o desempenho cognitivo.

Os alimentos que reforçam o Sistema Imunitário

Colaboradores que têm uma alimentação saudável e equilibrada, são menos suscetíveis a adoecerem, têm melhor disposição e produzem mais e melhor.

Veja agora alguns exemplos de alimentos que ajudam a reforçar o Sistema Imunitário:

Couve e rúcula

Estes produtos, são alimentos ricos em cálcio — nutriente fundamental para a saúde óssea — que, em quantidades adequadas na alimentação, protege o sistema osteoarticular, prevenindo o aparecimento de lesões;

Peixe e óleos vegetais

O peixe e os óleos vegetais como o azeite, contêm vitamina E, uma vitamina que desempenha um papel fundamental na proteção do organismo.

Frutas cítricas

Frutas como a laranja, a tangerina e o kiwi, incluem nutrientes com ação antioxidante importante para o sistema imunitário para a prevenção do envelhecimento celular precoce.

Continue a ler ou conheça agora a nossa nova oferta de serviços de alimentação saudável que preparámos para as empresas, clique aqui.

 

As consequências de uma alimentação inadequada

Adotar hábitos de alimentação mais saudáveis, não só combate o excesso de peso como também, previne o aparecimento de doenças relacionadas com estilo de vida ou doenças não transmissíveis como a diabetes tipo II, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares.

Deste modo, uma alimentação saudável não só ajuda na prevenção e tratamento de doenças crónicas, como ainda contribui para um melhor estado geral de saúde, evitando inúmeros problemas que afetam a vida em geral.

Como promover uma alimentação saudável na sua empresa

Investir em estratégias de promoção da alimentação saudável é uma forma muito eficaz das empresas cuidarem das suas equipas. Colaboradores que se alimentam bem, são mais saudáveis, mais felizes, adoecem menos e, consequentemente, faltam com menor frequência.

Além disso, uma alimentação saudável melhora e aumenta a concentração, a memória e o raciocínio, deixando o colaborador mais focado e mais produtivo — os ganhos são evidentes na motivação e satisfação das equipas.

O incentivo ao consumo de determinados alimentos, e a consciencialização sobre esta temática junto dos colaboradores, é uma forma eficiente de proporcionar uma mudança de hábitos alimentares.

Os programas de reeducação alimentar, ajudam a orientar os colaboradores para que adotem melhores hábitos, não só no ambiente de trabalho, mas também para a sua vida. Estes programas contemplam o diagnóstico nutricional dos colaboradores, a partir de uma análise completa e individual, geralmente alinhado com orientações de um nutricionista.

Estes programas, para além de incentivarem uma alimentação saudável, perpetuam melhores hábitos, como a redução do consumo excessivo de álcool e o tabaco – fatores cruciais para melhorar a qualidade de vida e proporcionar mais saúde e longevidade.

Author

Bruno Dolbeth

All stories by: Bruno Dolbeth

Olá, tudo bem com você? Entre em contato comigo via whatsapp aqui.