Como a alimentação ajuda no aumento da produtividade?

770 533 Bruno Dolbeth
  • 0

De acordo com a Mckinsey, uma empresa de consultoria empresarial, o impacto económico da obesidade em todo o mundo é avaliado em cerca de 2,8% do produto interno bruto (PIB) global.

Como sabemos, uma alimentação saudável ajuda a proteger o nosso organismo e a prevenir doenças como a obesidade, a diabetes e até o cancro.

Por outro lado, o comportamento, o humor e os níveis de energia também variam dependendo da nossa alimentação.

As empresas devem ter cada vez mais em consideração estes fatores, uma vez que, para além de todas as despesas económicas que uma má alimentação social apresenta, esta circunstância também afeta a produtividade dos colaboradores, assumindo um prejuízo anual de 145.000 milhões de euros na Europa.

A correria que caracteriza a nossa rotina diária, dificulta o desafio de ter uma alimentação mais saudável, dando lugar a uma alimentação inadequada, com alimentos pouco saudáveis como fast food ou alimentos ultraprocessados.

Entre outras funções importantes, uma dieta adequada fornece ao corpo a energia necessária para manter as suas funções e atividades, o que tem impacto em diferentes áreas da nossa vida, incluindo no trabalho.

Consumir estes alimentos ajuda a melhorar a produtividade:
  • Grãos integrais
  • Fruta
  • Vegetais
  • Carne
  • Salmão, sardinha e atum
  • Frutos secos

A alimentação afeta o desempenho laboral

Os locais de trabalho são ambientes nos quais as pessoas passam longos períodos de tempo. Os alimentos consumidos, assim como o ambiente em que são consumidos, ajudam os colaboradores a ter melhor ou pior desempenho laboral.

Uma alimentação inadequada num ambiente de stress afeta os níveis de produtividade. Dados publicados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), revelam que adotar maus hábitos alimentares no trabalho representa perdas de produtividade de cerca de 20%.

Ter uma alimentação saudável também é essencial para a saúde do coração.  Esta é uma ferramenta chave para reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames.

Para obter o máximo benefício para o seu coração, deve escolher mais frutas, vegetais, alimentos com grãos inteiros e proteínas saudáveis. Além disso, deve comer menos alimentos com adição de açúcares e gorduras prejudiciais à saúde. Estas mesmas recomendações ajudam a cuidar do coração e a aumentar a produtividade.

Uma alimentação adequada é chave para a produtividade e desempenho no trabalho, e esta não é apenas uma questão da responsabilidade do indivíduo. Aqui, as empresas têm um papel essencial na promoção de hábitos alimentares mais saudáveis, como um fator determinante não só para melhorar a saúde e bem-estar dos colaboradores, como também para aumentar o desempenho das equipas e minimizar as ausências laborais.

 

Author

Bruno Dolbeth

All stories by: Bruno Dolbeth

Olá, tudo bem com você? Entre em contato comigo via whatsapp aqui.