Dicas da Especialista: Gerir a saúde mental e emocional em tempos de COVID-19

831 467 Bruno Dolbeth
  • 1

 

Esta é a nova rubrica do nosso blog que pretende oferecer dicas para uma melhor gestão da saúde mental e emocional em tempos de COVID-19.

São 24 Dicas sugeridas pela nossa Psicóloga Joana Sousa e que pode consultar sempre que quiser.

As dicas focam 7 temáticas distintas que serão partilhadas ao longo das próximas semanas. Estas são:

1. Manter um pensamento positivo em pleno surto
2. Evitar emoções negativas e comportamentos tóxicos
3. Manter um estilo de vida ativo e saudável
4. Manter a rotina de trabalho
5. Levar este período com humor e leveza
6. Investirmos em nós
7. Coisas para fazer durante a quarentena

 

O aparecimento do COVID-19, veio alterar tudo aquilo que nós conhecíamos como mundo, rotina, dia a dia…até mesmo a perceção de nós próprios nesta nova realidade, que se pode designar por “Era do COVID”.

O medo do desconhecido e a incerteza perante tudo o que nos espera futuramente, em conjugação com o isolamento e/ou confinamento obrigatório a que fomos sujeitos, faz com que os nossos pensamentos estejam muito focados em tudo o que envolva esta pandemia.

Pensamentos estes muitas vezes negativos, catastrofistas, distorcidos e exacerbados, que nos causam imenso stress, ansiedade e tensão, gerando uma sensação de falta de controlo e incapacidade de gerirmos convenientemente, as nossas emoções.

Isto leva a que os nossos comportamentos e reações sejam, de igual modo, desajustadas e nos causem uma grande sensação de mal estar. Este desafio a que fomos expostos, tem diversos obstáculos, mas temos a possibilidade de transformar esses mesmos obstáculos em oportunidades!

Em todas as guerras e acontecimentos considerados catastróficos, é possível retirar sempre algo de positivo! E, neste caso, não é diferente! Olhar para este período como uma fase de oportunidade para desacelerar o nosso ritmo, aprender, crescer, tomar consciência de nós mesmos e dar oportunidade ao mundo de se restabelecer!

Neste sentido, foram selecionadas algumas dicas que nos podem ajudar a lidar com a situação de isolamento e distanciamento social, de forma a sermos capazes de gerir melhor as nossas emoções, pensamentos e atitude perante a atualidade que vivemos.

Continue a ler ou conheça agora a solução personalizada que criámos para a sua empresa de forma a proteger a saúde mental e emocional dos seus colaboradores: Saiba mais aqui!

 

Dicas de Gestão da Saúde Mental e Emocional
Tema #1: Dicas para manter um pensamento positivo em pleno surto

 

Expressar os sentimentos e emoções que estamos a sentir

Mostra-se de grande importância não retrair e esconder o que realmente estamos a sentir. Expressarmos verdadeiramente o que sentimos, permite-nos prestar atenção às nossas emoções, gerando uma maior consciência, compreensão e conhecimento de nós mesmos. Poderá ajudar imenso falar sobre o que se está a sentir com pessoas que nos são próximas e queridas.

Ou, caso não nos sintamos à vontade para o fazer, procurarmos alguém com um parecer neutro, como um profissional de saúde que nos poderá ajudar a lidar melhor com alguns constrangimentos e dificuldades, ao nível desta gestão emocional.

A nossa expressão emocional e sentimental mostra-se essencial para a nossa felicidade, bem-estar e preservação da saúde mental.

Sermos solidários e cuidarmos uns dos outros

Prestar apoio a familiares mais velhos e/ou pessoas mais vulneráveis, pode fazer-nos sentir mais felizes, úteis e realizados, numa altura como esta em que muitos não têm condições e/ou resistência para enfrentar esta pandemia.

Devemos tomar as devidas precauções e indicações relativas ao distanciamento social e práticas de desinfeção e higiene, por forma a que consigamos proteger-nos a nós e aos outros. Tentar circular de forma protegida, mas tranquila e sem alarmismos. Isso irá ajudar a controlar a ansiedade, medo e tensão.

Podemos ainda ajudar e prestar apoio, mesmo sem sairmos de casa. Muitas vezes, uma video chamada, ou um simples telefonema ajuda mais do que podemos imaginar.

Com simples gestos, podemos fazer a diferença nos outros e em nós mesmos.

Isolamento físico, não significa distanciamento social e emocional

Usar ao máximo daquilo que as novas tecnologias têm de melhor para nos dar e manter contacto com familiares, amigos, e outras pessoas queridas. É possível criarmos encontros online, beber um copo de vinho ao final do dia, dançar, “sair” à noite com os amigos, almoçar com os colegas de trabalho, ou jantar em família! Existe uma imensidão de oportunidades que o mundo online nos disponibiliza e que nos poderão ajudar a ultrapassar estes tempos de quarentena.

Partilhar experiências, emoções e conversar!

Estas são simples coisas que, por vezes, desvalorizamos, mas que fazem toda a diferença na forma como nos sentimos e enfrentamos os vários acontecimentos de vida. Podem, de igual modo, funcionar como uma boa estratégia para enaltecer os nossos valores pessoais, familiares e mesmo sociais, em tempos de quarentena.

Podemos mesmo estabelecer e criar laços mais fortes e os quais pensávamos estarem, de certa forma, enfraquecidos. Esta, é uma boa altura para pôr em prática a partilha, a conversação e melhorar a qualidade de comunicação.

Praticar a gratidão e esboçar um sorriso!

A gratidão, a gentileza, o amor, a capacidade de compreensão e compaixão (por nós mesmos e pelos outros), são um ótimo combustível para lidar com as adversidades. Incutir e alimentar estes valores, irá ajudar na luta contra emoções negativas e pensamentos tóxicos, permitindo-nos olhar para a vida de uma forma mais feliz, com mais força, energia e entusiasmo.

Esperamos que com o auxílio destas dicas consiga preservar a integridade da sua saúde física e, principalmente, mental!

As próximas dicas abordam a temática:
Como evitar emoções negativas e comportamentos tóxicos | Fique atento!
Author

Bruno Dolbeth

All stories by: Bruno Dolbeth

Olá, tudo bem com você? Entre em contato comigo via whatsapp aqui.